Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Capa

LUA NEGRA




Verão de 2003, no coração do Brasil... Uma floresta, um povo antigo e uma lenda. Eis que surgem laços de amizade e muita aventura cercada de mistério. Ainda que o amor se revele em sua pureza quase ingênua, pode o destino ser mudado?




"Quando os fatos subjugam o Mito e a realidade o torna Mortífero!"

O CENÁRIO

Aquidauana é uma cidade tipicamente interiorana onde o povo é pacato e as belezas naturais do cerrado e do Pantanal seduzem os visitantes. De economia predominantemente pecuária, os fatos, diga-se de passagem fictícios ou não, ocorrem a poucos quilômetros da cidade, mas precisamente em uma floresta próxima da antiga propriedade dos Rondon.

UM POVO ANTIGO

Em seu território abriga também uma série de tribos indígenas da família lingüística Aruak, especificamente os Terenas. kohê, que siginifica Lua em aruak, dá nome a tribo. Poucos sabemos sobre a origem desse povo, mas é sabido que suas lendas e tradições contribuíram grandiosamente na formação cultural do Estado de Mato Grosso do Sul. Mais que uma lenda, uma maldição...

KAREN

Uma garota da cidade grande de sonhos românticos. Bem nascida, Karen refugiou-se no mundo do saber para suprir a ausência dos pais, estes sempre ocupado. Nesta viagem será como que um reencontro com sua família, em especial seu irmão. Sentimentos despertos e uma força interior que ela jamais poderia imaginar possuir

"Duas almas podem ocupar o mesmo corpo? "

CARLOS

O que um adolescente pensa a respeito da ausência dos pais? Carlos nunca foi de pensar muito, ele agia, mesmo que fosse das piores formas possíveis para chamar a atenção. Eis que surge a chance de um novo recomeço!


"Fica difícil compreender as coisas do amor quando se está com o coração fechado para o mundo!"

COREY

De traços marcantes e sentimentos quase que ingênuos, Corey, filho de norte-americanos, cresceu em meio a natureza na pequena cidade de Aquidauana no Mato Grosso do Sul. Quando ainda garoto aprendeu a respeitar a mata e seus mistérios com o povo da tribo Kohê, descendentes dos terenas Sukiriono (gente mansa). Quase um homem agora, experimentará o amor em toda sua plenitude e no fim terá que fazer uma escolha onde vidas estão em jogo.


"O coração jamais será aliada da razão"



Quem é...


Amor!


O mais supremo...


dos sentimentos,


Que em nossos corações...


pode causar a dor


Mas jamais...


arrependimentos.


Por que...


coisas assim?


Que não se pode...


e não se deseja explicar,


Chegando a cegar...


a aqueles


A que se deve...


e se pode confiar.


Não há igual...


ou maior


Seremos para sempre...


um coração,


Um desejo...


não mais um sonho


No olhar...


mais que uma paixão.




"Que essa história possa extrair de ti tudo de melhor e tudo de pior de sua alma"
Claudio Moura

2 comentários: